Tem mais de 18 anos?

Se você não tiver mais de 18 anos, não poderá acessar a página.

Este site é apenas para adultos com mais de 18 anos.

Árbitros Copa do Mundo 2022: FIFA divulga lista

Daniella Cava /
copa do mundo 2022

Venha conferir quais são os arbitros que apitarão a Copa do Mundo Catar 2022. Confira também quais são os representantes brasileiros e muito mais.

A FIFA, entidade máxima do futebol mundial, divulgou no dia 19 de maio a lista de árbitros, assistentes e árbitros de vídeo para a Copa do Mundo que acontecerá no Catar, com estreia no dia 21 de novembro. A equipe de arbitragem escolhida pela FIFA para a Copa do Mundo 2022 é representante do mais alto nível da função.

Ao todo, são 36 árbitros, 69 assistentes e 24 árbitros do VAR (vídeo). Nesta lista de elite encontramos o nome de 7 brasileiros: Raphael Claus, Wilton Pereira Sampaio, Bruno Boschilia, Rodrigo Figueiredo, Bruno Pires, Danilo Simon e Neuza Inês Back.

Esta será a primeira vez na história das Copas que uma equipe de mulheres fará parte do quadro de arbitragem da FIFA. 

Brasil terá 2 árbitros na Copa do Catar

Entre os brasileiros selecionados pela FIFA, Raphael Claus e Wilton Pereira Sampaio apitarão os jogos do mundial; os demais atuarão como árbitros assistentes. Durante o verão europeu, todos os profissionais escolhidos passarão por um treinamento intenso em preparação ao evento. 

Raphael Claus

Massimo Busacca, atual chefe do departamento de arbitragem da entidade, informou que avaliações técnicas, físicas e médicas serão realizadas para garantir que todos estejam em ótimas condições.

Os critérios utilizados para a seleção da comissão de arbitragem da FIFA são rigorosos. E é exatamente por este motivo que pertencer ao quadro da FIFA é o ápice da carreira de um árbitro. 

O paulista Raphael Claus é membro da entidade desde 2015, enquanto o goiano Wilton Pereira Sampaio integra a seleção de elite desde 2013.

Primeira mulher como bandeirinha

A Copa do Catar trará, pela primeira vez, a participação de mulheres na equipe de arbitragem. A catarinense Neuza Back foi uma das escolhidas pelo comitê e já está de malas prontas rumo aos Emirados Árabes Unidos. 

Considerada uma das principais assistentes de arbitragem do país, Neuza já apitou mais de 100 partidas da série A do Campeonato Brasileiro, além de jogos da Libertadores e Copa do Brasil.

Neuza Back

Formada em Educação Física, a árbitra participou das Olimpíadas de 2016, no Rio de Janeiro, e das Olimpíadas de 2020, em Tóquio. Neuza também foi assistente na Copa do Mundo Feminina, em 2019, e no Mundial de Clubes, em 2020. 

Pierluigi Collina, presidente da Comissão de Arbitragem da FIFA, afirmou que a presença de árbitras em competições masculinas deve ser percebida como algo normal, e não extraordinário.

Quem são os árbitros Copa do mundo 2022

Árbitros

  • Abdulrahman Al Jassim – Catar
  • Alireza Faghani – Irã
  • Antonio Mateu – Espanha
  • Anthony Taylor – Inglaterra
  • Andres Matias Matonte Cabrera – Uruguai
  • Abdulla Mohammed Mohammed – Emirados Árabes Unidos
  • Bakary Gassama – Gambia
  • Clement Turpin – França
  • Chris Beath – Austrália
  • Cesar Ramos – México
  • Danny Makkelie – Holanda
  • Daniel Siebert – Alemanha
  • Daniele Orsato – Itália
  • Facundo Tello – Argentina
  • Fernando Rapallini – Argentina
  • Ismail Elfath – EUA
  • Istvan Kovacs – Romênia
  • Ivan Barton – El Salvador
  • Janny Sikazwe – Zambia
  • Jesus Valenzuela – Venezuela
  • Kevin Ortega – Peru
  • Matthew Conger – Nova Zelândia
  • Mario Escobar – Guatemala
  • Maguette Ndiaye – Senegal
  • Michael Oliver – Inglaterra
  • Mustapha Ghorbal – Argelia
  • Ning Ma – China
  • Raphael Claus – Brasil
  • Stephanie Frappart – França
  • Szymon Marciniak – Polônia
  • Said Martinez – Honduras
  • Salima Mukansanga – Ruanda
  • Slavko Vincic – Eslovênia
  • Victor Gomes – África do Sul
  • Wilton Sampaio – Brasil
  • Yoshimi Yamashita – Japão
Wilton Sampaio

Auxiliares

  • Andraz Kovacic – Eslovênia
  • Arsenio Marengule – Moçambique
  • Adam Nunn – Inglaterra
  • Ashley Beecham – Austrália
  • Alberto Morin – México
  • Alessandro Giallatini – Itália
  • Abdelhak Etchiali – Argélia
  • Anton Shchetinin – Austrália
  • Bruno Pires – Brasil
  • Bruno Boschilia – Brasil
Bruno Boschilia
  • Ciro Carbone – Itália
  • Cyril Gringore – França
  • Caleb Wales – Trinidad E Tobago
  • Corey Parker – Eua
  • David Moran – El Salvador
  • Djibril Camara – Senegal
  • Danilo Simon – Brasil
  • Diego Bonfa – Argentina
  • Elvis Noupue – Camarões
  • El Hadji Samba – Senegal
  • Ezequiel Brailovsky – Argentina
  • Gabriel Chade – Argentina
  • Gary Beswick – Inglaterra
  • Hasan Almahri – Emirados Árabes Unidos
  • Hessel Steegstra – Holanda
  • Juan Carlos Mora – Costa Rica
  • Jesus Sanchez – Perú
  • Jan De Vries – Holanda
  • Jorge Urrego – Venezuela
  • Jan Seidel – Alemanha
  • Jerson Dos Santos – Angola
  • Juan Pablo Belatti – Argentina
  • Kyle Atkins – EUA
  • Karen Diaz Medina – México
  • Kathryn Nesbitt – EUA
  • Mohammadreza Abolfazli – Irã
  • Mark Rule – Nova Zelândia
  • Mahmoud Abouelregal – Egito
  • Mohamed Alhammadi – Emirados Árabes Unidos
  • Mohammadreza Mansouri – Irã
  • Martin Soppi – Uruguai
  • Mokrane Gourari – Argélia
  • Miguel Hernandez – México
  • Mihai Artene – Romênia
  • Michael Orue – Peru
  • Neuza Back – Brasil
  • Nicolas Taran – Uruguai
  • Nicolas Danos – França
  • Pau Cebrian – Espanha
  • Pawel Sokolnicki – Polônia
  • Roberto Diaz – Espanha
  • Rodrigo Figueiredo – Brasil
  • Raymundo Helpys Feliz – República Dominicana
  • Rafael Foltyn – Alemanha
  • Saoud Ahmed Almaqaleh – Catar
  • Simon Bennett – Inglaterra
  • Souru Phatsoane – Lesoto
  • Stuart Burt – Inglaterra
  • Tomaz Klancnik – Eslovênia
  • Taleb Al Marri – Catar
  • Tevita Makasini – Tonga
  • Tomasz Listkiewicz – Polônia
  • Tulio Moreno – Venezuela
  • Vasile Marinescu – Romênia
  • Walter Lopez – Honduras
  • Xiang Shi – China
  • Yi Cao – China 
  • Zakhele Siwela – África do Sul
  • Zachari Zeegelaar – Suriname

Árbitros de vídeo (VAR)

  • Al Marri Abdulla – Catar
  • Alejandro Hernandez – Espanha
  • Adil Zourak – Marrocos
  • Armando Villarreal – EUA
  • Benoit Millot – França
  • Bastian Dankert – Alemanha
  • Drew Fischer – Canadá
  • Fernando Guerrero – México
  • Julio Bascunan – Chile
  • Juan Martinez – Espanha
  • Juan Soto – Venezuela
  • Jerome Brisard – França
  • Leodan Gonzalez – Uruguai
  • Massimiliano Irrati – Itália
  • Marco Fritz – Alemanha
  • Mauro Vigliano – Argentina
  • Muhammad Bin Jahari – Cingapura
  • Nicolas Gallo – Colômbia
  • Paolo Valeri – Itália
  • Paulus Van Boekel – Holanda
  • Redouane Jiyed – Marrocos
  • Ricardo De Burgos – Espanha
  • Shaun Evans – Austrália
  • Tomasz Kwiatkowski – Polônia

Perguntas frequentes

Como apostar na Copa do Mundo 2022?
Existem muitas opções de casas de apostas online como, por exemplo, a Bet365, Sportsbet.io, Galera Bet, etc. Qualquer um destes sites que nós indicamos são confiáveis, pois foram analisadas por nossos especialistas. Portanto, se você gostaria de apostar nesta Copa do Mundo, te aconselhamos que visite estas plataformas e escolha aquela que seja mais adequada para você. 
Vai ter VAR na Copa do Mundo 2022?
Sim, a FIFA já divulgou a lista do comitê de arbitragem da Copa do Catar e nela encontramos 36 árbitros, 69 assistentes e 24 árbitros de vídeo, ou seja, o VAR. A listagem conta com 7 árbitros brasileiros na Copa, porém nenhum deles estará na arbitragem do VAR.
Qual é a data da Copa do Mundo de 2022?
A Copa do Mundo de 2022 começa no dia 21 de novembro, segunda-feira, com o jogo Senegal x Holanda, às 07h, horário de Brasília. E a grande decisão é no dia 18 de dezembro, domingo, às 12h. 
Quais são os horários dos jogos da Copa 2022?
  • Fase de grupos: 7h, 10h, 13h e 16h (última rodada 12h e 16h);
  • Oitavas e quartas: 12h e 16h;
  • Semifinais: 16h;
  • Decisão do 3.º lugar: 12h;
  • Final: 12h.
Daniella Cava

Há anos trabalhando no mercado publicitário, é estudante de jornalismo e redatora SEO. Colaboradora na Dora Copywriting como analista de casas esportivas, com foco em apostas no futebol. Além de encantada pela escrita, também é apaixonada por jogos de cartas e e-Sports.

Ver todas os artigos de Daniella Cava