Copa América 2021: Messi sai da fila com a Argentina?

Leandro Bastos /

Uma das anfitriãs da Copa América 2021, Argentina conta com o talento de Messi e companhia para tentar levantar a taça.

Copa América 2021

Pela primeira vez na história, a Copa América será disputada em dois países. Favorita em qualquer torneio que dispute, a Argentina encara uma fila de títulos que incomoda. A seleção alviceleste celebrou sua última conquista em 1993, na Copa América disputada no Equador. Agora, os hermanos contam com o talento Messi e companhia para tentar voltar a levantar uma taça.

Inicialmente marcada para ser disputada na Argentina e Colômbia, o Brasil sediará o torneio entre 13 de junho a 10 de julho. A mudança aconteceu por conta dos sérios protestos da população colombiana contra a reforma da previdência e pela situação da pandemia do novo coronavírus na Argentina. A ideia da Conmenbol seria mandar as partidas em alguns estádios que não vêm sendo utilizados com frequência, casos do Mané Garrincha, em Brasília, da Arena da Amazônia, da Arena Pernambuco e da Arena das Dunas, em Natal.

LEIA MAIS
Como apostar na Copa América 2021

Copa América 2021: Messi sai da fila com a Argentina?

Sem levantar um troféu há 28 anos, a Argentina chega para a Copa América 2021 com “ganas”. No período, a seleção alviceleste disputou 18 torneios, entre Copas do Mundo, Copas das Confederações e Copas América. Acumulou uma pilha de decepções. Eliminações na fase de grupos a vice-campeonatos.

O fardo da fila argentina é carregado por muitas gerações de craques: de Riquelme a Messi. Parece inacreditável, mas o único título que Lionel Messi tem com a seleção argentina é a Olimpíada de 2008.

Já em sua reta final de carreira, Messi sabe que a cada ano as chances de levantar um caneco com a Argentina vão se esgotando. Ele chegou a anunciar que não vestiria mais as cores de sua seleção, mas recuou. Maior artilheiro da história do país, ele anotou 70 gols em 138 jogos. O craque do Barcelona sabe que o título o engrandeceria ainda mais na história do esporte e lutará por ele o quanto for necessário.

Copa América 2021: Como chega a Argentina de Lionel Scaloni?

Desde a paralização do futebol por conta da pandemia do novo coronavírus, a Argentina de Lionel Scaloni realizou quatro partidas oficiais. Todas pelas Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo do Catar 2022. Foram três vitórias (contra Equador, Bolívia e Peru) e um empate (com o Paraguai). Os números são bons, mas a sensação é de que a Argentina sempre pode mais.

Muitas dúvidas rondam a Argentina de Lionel Scaloni. Nem o próprio treinador saberia responder sobre qual esquema tático vai utilizar – ele varia o time entre o 4 – 3 -3 e o 3 – 5 – 2 –; ou sobre quem será seu goleiro titular. Scaloni chegou a escalar Armani, mas agora a dúvida está entre Agustín Marchesín ou Juan Musso.

Uma provável escalação da Argentina: Agustín Marchesín (ou Juan Musso); Montiel, Martínez Quarta, Otamendi e Tagliafico; Leandro Paredes, Ocampos e Lo Celso; Messi, Lautaro Martínez e Di Maria.

O ataque é certamente o único problema bom de Scaloni. As opções para formar uma linha de frente das melhores do mundo ao lado de Messi não faltam. Na última convocação, o argentino deixou de fora, por exemplo, Paulo Dybala. Nomes como Di Maria e Lautaro Martínez largam na frente pela titularidade. Mas não dá para descartar algumas surpresas entre a linha principal da Argentina. Ángel Correa, do Atlético de Madrid, e o experiente Sergio Agüero estão pedindo passagem.

Fato é que ao lado de Brasil e Uruguai, a Argentina desponta como uma das favoritas para a Copa América. Jogar em casa com um tal de Messi usando a 10 dá sim margem para pensar que os hermanos podem levantar o caneco no dia 10 de julho.

LEIA MAIS
Copa América 2021: É a vez do Brasil de Neymar?
Copa América 2021: Como vem o aguerrido Uruguai?

Como apostar na Copa América

A Copa América 2021 será realizada entre 13 de junho a 10 de julho. P De olho na paixão do torcedor latino e no tamanho da disputa entre algumas das maiores seleções do mundo, os mercados de apostas já estão abertos para a Copa.

A Copa América 2021 reunirá todas as seleções sul-americanas afiliadas à Conmenbol. São 10 países divididos entre dois grupos. Ao todo serão 28 partidas e possibilidades infinitas de apostas e mercados em cada rodada. Algumas casas de apostas já estão pagando odd – cotações – bastante atraentes para quem tiver um palpite em quem será o campeão. Você arrisca?

Sem o glamur das seleções europeias, a maior competição entre seleções da América do Sul reúne a garra, vontade e a rivalidade entre brasileiros, argentinos e uruguaios, principalmente. Todo fã de futebol no mundo está de olho no que acontece nos gramados por aqui. Messi, Neymar, Suárez e companhia entram em campo para defender as cores de suas pátrias.

Argentina x Chile fazem a partida de abertura da Copa. A partida será realizada no domingo (13). Os prognósticos de como apostar em cada jogo e todos os palpites, você encontra aqui na BettingPro.

Copa América 2021: Melhores odds ao vivo

Procurando as últimas probabilidades ao vivo, mas não tem certeza de como usar esse recurso? Leia nosso passo a passo sobre como obter as melhores odds ao vivo para os esportes em que deseja apostar.

Leandro Bastos

Jornalista desde 2010, soma passagens pelo Terra, IG e Grupo Bandeirantes. Como repórter, esteve em partidas da Copa Libertadores, Campeonato Brasileiro e Champions League. Como editor, participou da cobertura de dois jogos olímpicos e duas Copas do Mundo. Integra o time de autores do BettingPro Brasil desde 2020. Fã de esportes, acompanha as principais partidas, eventos e as tendências dos mercados de apostas diariamente. Um apaixonado por competição. Atleta amador disputa provas de triathlon, ciclismo e corrida pela Europa e pelo Brasil.

View all posts by Leandro Bastos