7 curiosidades sobre a final entre Liverpool x Real Madrid

hyperionadmin /

Números, estatísticas, conquistas, Jürgen Klopp e Carlo Ancelotti: Confira 7 curiosidades sobre a final da Champions League entre Liverpool x Real Madrid

7 curiosidades sobre Liverpool x Real Madrid

O mundo vai conhecer o mais novo campeão europeu de futebol. A espera pela grande final da Champions League está deixando os fãs do esporte mais popular do mundo ansiosos. A bola vai rolar para ingleses e espanhóis às 16h (de Brasília), no Stade de France, em Paris. Para esquentar, organizamos 7 curiosidades sobre Liverpool x Real Madrid que não devem ser deixadas de lado.

“Muito mais do que futebol”, como diz o bordão. Dois dos maiores clubes do mundo fazem um tira-teima da final mais repetida da história da Liga dos Campões. A decisão coloca em destaque o número de títulos do maior vencedor, a quantidade de conquistas de Jürgen Klopp no comando do Liverpool e a mística de Carlo Ancelotti, que já é o treinador com maior número de participações em finais de Champions League.

Confira 7 curiosidades sobre a final da Champions League entre Liverpool x Real Madrid

– Final da Champions mais repetida da história

Nunca na história da Champions League a final foi repetida por três vezes. Sim, este é o número de decisões entre Liverpool x Real Madrid na Liga dos Campeões.

Na primeira final, em 1981, também em Paris, mas no Parque dos Príncipes, o Liverpool levou a melhor. Com gol de Alan Kennedy, a equipe inglesa venceu por 1 x 0.

A segunda grande decisão foi realizada em 2018, em Kiev, o Real Madrid venceu por 3 x 1. Gols anotados por Bale (duas vezes) e Benzema.

– Liverpool pode se tornar o segundo maior vencedor da Champions

O Liverpool chega para a decisão contra o Real Madrid com a chance de se igualar ao Milan como o segundo maior vencedor da história da Champions League. Até aqui, os Reds conquistaram o mais importante torneio de clubes da Europa por seis vezes (1977, 1978, 1981, 1984, 2005, 2019). Chegar ao sétimo título sob o comando de Jürgen Klopp seria um feito pra lá de histórico.

– Sétimo título de Klopp no comando do Liverpool

Se conquistar a Champions na temporada 2021-2022, o Liverpool chegará a levantar sua sétima orelhuda. Além disso, seria o sétimo título de Jürgen Klopp no comando do mais tradicional time inglês. Uma marca para ninguém colocar defeito. Considerando que times como o Manchester City e o Manchester United vivem momentos financeiros com cifras astronômicas, o investimento dos Reds tem sido muito mais preciso.

O alemão não para de bater recordes. Neste ano, Klopp igualou uma marca do lendário Sir Alex Ferguson. Conquistou a Copa da Liga e se tornou o segundo treinador da história a conquistar os quatro títulos mais importantes no comando de um clube inglês. Ele ergueu a Copa da Liga Inglesa, Copa da Inglaterra, Champions League e a Premier League. Nenhum outro treinador conseguiu vencer os quatro torneios por um time inglês além de Klopp e o histórico ex-comandante do Manchester United.

Em números absolutos, Ferguson parece inatingível. Ele conquistou 13 edições do Campeonato Inglês, cinco Copas da Inglaterra, quatro Copas da Liga e duas Champions, mas alguém duvida de Klopp?

– Carlo Ancelotti conquista a Champions pela sexta vez?

Se o treinador alemão do Liverpool não para de fazer história, o que dizer de Carlo Ancelotti? O comandante italiano do Real Madrid também poderia ser chamado de Mister Champions League tranquilamente.

Carlo Ancelotti é o treinador com o maior número de finais da Liga dos Campeões. São cinco participações. Com o Milan, em 2003, 2005 e 2007, e com o Real Madrid 2014 e 2022.

Números que já seriam impressionantes, não? Mais do que isso, o italiano levantou a taça cinco vezes. Três como treinador em 2003, 2007 (pelo Milan) e em 2014 (pelo Real). Estas são as mais recentes e todo mundo se lembra. O que os mais jovens não sabem é que ele venceu a Liga dos campões como jogador pelo Milan em 89 e 90.

– 10 Titulares que estavam na final de 2018

Deixando a mística de seus treinadores de lado, Liverpool e Real Madrid chegam para a decisão de 2022 com cinco titulares indiscutíveis que estiveram na final de 2018. A base foi mantida e isso explica um pouco do sucesso dos dois gigantes da Europa.

Pelo lado dos Reds: Alexander-Arnold, Van Dijk, Robertson, Salah e Mané.

Do lado Merengue: Carvajal, Casemiro, Modric, Kroos e Benzema.

– Deve ser a última final de Marcelo com a camiseta do Real Madrid

Falando nos protagonistas desta final, não podemos deixar de citar o lateral-esquerdo Marcelo. Considerado o primeiro capitão do atual elenco do Real Madrid, o brasileiro já é o jogador que mais levantou taças com a camisa do gigante espanhol. São 24 canecos antes da final da Champions League.

Destacando que Marcelo está finalizando sua 16ª temporada no clube merengue. Sem assinar sua renovação, a decisão do dia 28 pode ser a última de uma das lendas em atividade do Real Madrid.

– Será a sexta final de Champions na França

Cobiçada pelo milionário Paris Saint-Germain, apenas conquistada pelo Olympique de Marselha (em 1993), a final da Champions League volta para a França, um dos países mais sediaram a decisão.

Divididas entre o Parc des Princes (ou Parque dos Príncipes) e Stade de France, será a sexta final de Liga dos Campeões realizada em território francês. Inicialmente, a decisão estava marcada para ser realizada na Rússia, mas foi mudada por conta das sanções da Uefa contra o governo de Putin.

Dafabet faz promoção especial para a final da Champions League

Nada é mais importante nesta semana para o mundo do futebol do que a 67ª final da Liga dos Campeões. Liverpool x Real Madrid decidem o maior torneio entre clubes da Europa pela terceira vez no sábado (28), às 16h (de Brasília). Com a promoção especial da Dafabet Champions League, você tem ao menos 50% de cashback nas apostas até R$ 50,00.

Apostas na final da Champions League 2021-2022

A Champions League é um dos destaques do BettingPro. O maior torneio de clubes da Europa não merecia menos. Além da cobertura de toda competição, palpite em todas as rodadas, ofertas e odds exclusivas, nós temos um pacote especial para quem quer saber um pouco mais sobre a grande decisão entre Liverpool x Real Madrid e sobre como apostar e faturar com a partida do dia 28, confira:

Champions League – Perguntas frequêntes

Como analisar um prognóstico Champions?
Análise de prognósticos e odds para Champions League (ou qualquer outro campeonato ou esporte) é algo que movimenta milhões e requer o trabalho de uma infinidade de profissionais. O que os jogadores podem e devem fazer, porém, é entender como e porque aqueles resultados mostrados ali foram postos daquela maneira. A odd sempre representa a probabilidade que um evento tem de ocorrer. Quanto maior o número, menos provável o resultado correspondente é esperado, e vice-versa. É também o número que vai multiplicar o dinheiro de uma aposta vitoriosa – quem aposta R$ 10 numa odd de 4.0 vai ganhar, portanto, R$ 40.
Como funcionam os palpites Champions League?
Como dissemos no texto, cada evento é um universo por si só dentro das possibilidades de mercado. Os palpites Liga dos Campeões funcionam conforme o jogador fizer sua seleção (ou seleções) de aposta e decidir quanto de dinheiro quer apostar em cada mercado. Lembre-se sempre que o melhor palpite não é aquele que pode pagar mais, e sim aquele que tem mais chances de vitória – e dificilmente isso é a mesma coisa.
É possível ver os jogos da Champions League de graça?
Sim, é possível assistir aos jogos da Champions League de graça. Para isso, basta você ficar atento às partidas que serão transmitidas no canal SBT, na TV aberta. Neste canal, você pode acompanhar gratuitamente os confrontos mais importantes do torneio.
Como fazer seus palpites jogos da Champions?
Todo palpite Liga dos Campeões começa com a análise dos 32 times na fase de grupos. É uma boa ideia olhar as odds de longo prazo para quem será o vencedor de cada um dos 8 grupos e também o favorito para ganhar no geral e avançar a partir daí. O importante é sempre embasar sua aposta em dados, informações concretas e estatísticas, e não na sorte.