Tem mais de 18 anos?

Se você não tiver mais de 18 anos, não poderá acessar a página.

Este site é apenas para adultos com mais de 18 anos.

Palpite Santos x Corinthians | Brasileirão (rodada 33)

Leandro Bastos /
FabioSantos

Palpite Brasileirão: Santos x Corinthians, em quem apostar? Clássico Alvinegro da rodada 33 estava marcado na semana da final da Copa Libertadores. Agora, clubes paulistas disputam uma vaga na próxima competição continental e fazem uma verdadeira final.

LEIA MAIS: Como apostar em jogos do Campeonato Brasileiro

Palpite Brasileirão: Santos x Corinthians (Quarta-feira, 19h). Melhores odds ao vivo


Procurando as últimas probabilidades ao vivo, mas não tem certeza de como usar esse recurso? Leia nosso passo a passo sobre como obter as melhores odds ao vivo para os esportes em que deseja apostar.

Palpite Brasileirão: Santos x Corinthians (Quarta-feira, 19h). Análise da partida

Santos x Corinthians finalmente disputarão o clássico da rodada 33. Partida estava atrasada por causa da final a Copa Libertadores e será realizada nesta quarta-feira (17), às 19h, na Vila Belmiro. Paulistas disputam uma vaga na próxima competição continental e fazem uma verdadeira final. Quem vence?

Palpite Brasileirão: Marinho volta a brilhar e Santos vence na Vila?

Depois de perder a final da Copa Libertadores para o Palmeiras, o Santos foi obrigado a voltar suas atenções novamente para o Campeonato Brasileiro. A equipe corre sérios riscos de ficar de fora da maior competição continental da América Latina. Em seu último compromisso, o time de Cuca venceu o Coritiba por 2 x 0 e decretou o rebaixamento oficial do rival paranaense.

O Santos é o nono colocado na tabela de classificação. São 50 pontos conquistados em 35 partidas.

Em partida disputada na Vila Belmiro, o Santos superou o Coxa com gols de Marinho, sempre ele, e Marcos Leonardo. O jogo foi bom. Parece que a ressaca da Libertadores acabou. O perigoso quarteto de ataque Marinho, Soteldo, Lucas Braga e Kaio Jorge se movimentou bastante, criou espaços e conseguiu finalizar bastante. A intensidade que garantiu os melhores resultados do Alvinegro praiano no ano parece ter retornado.

Depois da partida, Cuca assumiu que o confronto contra o Corinthians será decisivo, mas tentou tirar um pouco do peso do clássico. “Não temos que pensar em vencer só porque é um clássico, mas porque é um jogo importante, decisivo, que nos deixa mais próximo do nosso objetivo (…)”, afirmou o experiente treinador. O Santos só venceu um clássico no Brasileiro 2020, contra o São Paulo.

A esperança do torcedor do time da Vila mais famosa do mundo está no ataque. Mesmo sem ser brilhante, como foi em 2020, Marinho muda a cara do time em campo. Além de servir seus companheiros o tempo todo, ele se tornou um dos melhores atacantes do Brasil. Um dos artilheiros do Brasileirão, com 17 gols.

Palpite Brasileirão: Corinthians tem chance na Vila Belmiro?

Se o Santos chega com resultado positivo para o clássico, a situação do Corinthians é diferente. O time perdeu para o Flamengo no Maracanã por 2 x 1 em um jogo em que pouco apresentou dentro de campo. Para não falar que o time de Mancini passou em branco, a equipe encaixou um contra-ataque e fez o seu gol com Léo Natel, mas foi isso. Muito pouco para o Timão.

O Corinthians soma 49 pontos em 35 partidas e é o 10º no Brasileirão.

Com um elenco curto e longe dos grandes times que o Corinthians montou ao longo dos últimos anos, os méritos da escalada corintiana no Brasileiro são de Vagner Mancini. Ele chegou em uma terra arrasada com difícil missão de colocar a casa em ordem. Na época, a equipe batia postos da zona do rebaixamento e era praticamente impossível ver uma solução.

O Corinthians de Mancini tem algumas armas interessantes. As jogadas do lado direito, por exemplo, dão muito trabalho para os adversários. A dupla Fagner e Mosquito sempre que chegam criam perigo. As vitórias do clube paulista passam por aí. Quando estes jogadores funcionam, as chances de conquistar os três pontos aumentam consideravelmente.

Palpite Brasileirão: Corinthians x Santos, quem venceu mais vezes o Clássico Alvinegro?

Como todo grande clássico, os números dos confrontos entre Corinthians x Santos podem variar. No entanto, o número que mais aparece para o duelo Alvinegro é que até hoje, as duas equipes já se enfrentaram 341 vezes, com 132 vitórias do Timão contra 108 do Peixe, além de 98 empates. A equipe de Parque São Jorge já balançou as redes 587 vezes contra 509 gols do time praiano.

Quando o assunto é Campeonato Brasileiro, a coisa muda um pouco de figura. O Santos soma 22 vitórias, contra 21 do Corinthians e 20 empates. A última vez que entraram em campo pela Série A, foi em outubro e o placar ficou em 1 x 1.

Palpite: Santos x Corinthians| Brasileirão (rodada 33)

O prognóstico para o clássico entre Santos x Corinthians aponta leve favoritismo para o time da casa. A equipe de Cuca é sempre muito forte jogando em casa e conta com o fator Marinho para tentar superar o rival e se aproximar da vaga para a Copa Libertadores. É um prêmio de consolação que o torcedor santista necessita depois de ver o outro rival da capital levantar a América. O Corinthians deve ir para o jogo fechado e tentar explorar algum contra-ataque rápido pela direita. Atenção com o jovem Mosquito. Qual seu palpite para o Clássico Alvinegro?

Sujeito a termos e condições aplicáveis pela empresa, de acordo com o ato de confirmação de compra e de apostas.

Sujeito a termos e condições aplicáveis pela empresa, de acordo com o ato de confirmação de compra e de apostas.

 

Leandro Bastos

Jornalista desde 2010, soma passagens pelo Terra, IG e Grupo Bandeirantes. Como repórter, esteve em partidas da Copa Libertadores, Campeonato Brasileiro e Champions League. Como editor, participou da cobertura de dois jogos olímpicos e duas Copas do Mundo. Integra o time de autores do BettingPro Brasil desde 2020. Fã de esportes, acompanha as principais partidas, eventos e as tendências dos mercados de apostas diariamente. Um apaixonado por competição. Atleta amador disputa provas de triathlon, ciclismo e corrida pela Europa e pelo Brasil.

Ver todas os artigos de Leandro Bastos